Pastilha de Freio para Bikes

Pastilhas de Freio para Bike

Existem dois tipos de pastilhas de freio para bikes: pastilhas de resina ou pastilhas metálicas.

Pastilhas Metálicas

São fabricadas com material semi-metálico ou com pó metálico.
Possuem tempo de resposta menor e baixa modulação na frenagem. Entretanto, podem ser acionadas por mais tempo.

Pastilhas Resinadas

Possuem tempo de resposta rápido e alta modulação na frenagem. Entretanto, não são adequadas para uso intenso nem para dias chuvosos. Esse tipo de pastilha, devido sua composição, esquentam menos que os modelos metálicos.

Qual tipo de pastilha de freio escolher?

Na verdade, quem define o tipo de pastilha a ser utilizada é o seu disco de freio. Alguns rotores de baixo custo ou de entrada só aceitam pastilhas de resina. Caso você utilize as metálicas, o disco pode ser danificado e a frenagem não ser tão eficiente como deveria.

Qual a melhor pastilha de freio?

Depende! A via de regra, para uso mais intenso e para locais com lama ou com boa chance de chuva, a melhor pastilha é a metálica.

Pastilhas Shimano

A Shimano possui uma vasta linha de pastilhas de freio aos quais você pode reconhecer suas características por um conjunto de símbolos.

Por exemplo:

Classificação de energia de Frenagem
Classificação de energia de Frenagem: acima da média
Ruído
Pastilha de Resina: Baixo Ruído e Melhor Modulação
Metal
Pastilha de metal: Maior Energia de Frenagem e Durabilidade
Aleta
Aleta do Radiador: Mais Vida Útil e Menos Desgaste
Titânio
Placas Traseiras em Titânio

Inclusive, há um quadro comparativo em cada grupo entre as pastilhas disponíveis:

Comparativo Entre Planilhas